terça-feira, 26 de julho de 2016

À procura de água fresca!!

As altas temperatura assim o exigem!


A nossa receita para combater o calor, passa por sair um pouco mais cedo de casa, ou seja pelas 7 horas da manhã, bicicletas btt para evitar o alcatrão quente! e pedalar até à hora de almoço.

A meio ou no final da voltinha, é obrigatório um mergulho num dos rios da região das Montanhas Mágicas, todos de água limpa e cristalina (Rio Caima, Rio Teixeira, Rio Paiva, Rio Paivó, Rio Vouga, entre outros afluentes).



A Serra da Freita é o nosso "quintal", pois o seu planalto fica a pouco mais de 15km de casa, mesmo assim não nos cansamos de ir pedalar para esta serra, desconhecida por muitos até à bem pouco tempo, mas agora e cada vez mais, nota-se que é procurada por muitos ciclistas em geral, seja para a pratica do normal BTT (Cross Country), ciclismo de estrada para superar as imponentes subidas ao nível das melhores da Europa, mas também os Enduristas do BTT têm rumado até à Freita, não faltam trilhos e estradas para todos os gostos, mas claro está, é uma serra para Duros! ;)

Pic Nic a meio da voltinha

Bifes de vitela no final

Mas isto não é só pedalar, pois também temos muito paladar! :) Não há voltinha que não tenha comida pelo meio, no final ou ambos os casos, que até é o mais frequente! :)


Desta vez iniciamos o percurso junto ao Parque de Campismo do Merujal, para no final ficarmos a almoçar no Restaurante Refúgio da Freita, e que bem que se comeu! Fomos muito bem atendidos, bem servidos e como bónus ainda havia "Borradinha" (Água ardente com mel) para ajudar a desgastar os enormes bifes!

Os Duros recomendam pedalar, refrescar-se no rio, petiscar ou almoçar na região das Montanhas Mágicas, vão sentir que revigoraram o corpo e a mente!

+FOTOS: https://goo.gl/photos/dLtaEEbRWM191oT49